Apresenta - PowerPoint PPT Presentation

About This Presentation
Title:

Apresenta

Description:

Do Dada smo aos principais conceitos da arte contempor nea Professora: Caroline Bonilha Componente Curricular: Artes Prof. Caroline Bonilha Grete Stern Prof. ... – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:86
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 41
Provided by: Big85
Category:

less

Transcript and Presenter's Notes

Title: Apresenta


1
Do Dadaísmo aos principais conceitos da arte
contemporânea
  • Professora Caroline Bonilha
  • Componente Curricular Artes

2
Dadaísmo - Movimento de crítica cultural que
questiona não somente as artes visuais, mas
também modelos culturais - Movimento radical
de contestação de valores que utiliza variados
canais de expressão revista, manifesto,
exposição e outros - As manifestações dos
grupos dada são intencionalmente desordenadas e
pautadas pelo desejo do choque e do escândalo,
procedimentos típicos das vanguardas de modo
geral
  • Prof.ª Caroline Bonilha

3
- A criação do Cabaré Voltaire, 1916, em
Zurique, inaugura oficialmente o dadaísmo.
Fundado pelos escritores alemães H. Ball e R.
Ruelsenbeck, e pelo pintor e escultor alsaciano
Hans Arp - Cabaré Voltaire clube literário
galeria de exposições e sala de teatro - promove
encontros dedicados a música, dança, poesia,
artes russa e francesa
  • Prof.ª Caroline Bonilha

4
  • Prof.ª Caroline Bonilha

5
  • São formados diferentes grupos, em diversas
    cidades, unidos pelo espírito de questionamento
    crítico e pelo sentido anárquico das intervenções
    públicas
  • Na Alemanha, nas cidades de Berlim e Colônia,
    destacam-se os nomes de R. Ruelsenbeck,
    R.Haussmann, Johannes Baader, John Heartfield,
    G.Groz e Kurt Schwitters e de Max Ernst

Max Ernst La Femme
  • Prof.ª Caroline Bonilha

6
  • Nova York, por sua vez, é protagonista do
    movimento com Marcel Duchamp e Man Ray
  • Outros nomes importantes do dadaísmo são Francis
    Picabia, Albert Gleizes A. Cravan Tzara e Arp

Jean Crotti, ?, André Breton, Jacques Rigault,
Paul Eluard, Ribemont-Dessaignes, Benjamin Péret,
Théodore Fraenkel, Louis Aragon, Tristan Tzara,
Philippe Soupault.
  • Prof.ª Caroline Bonilha

7
  • Prof.ª Caroline Bonilha

8
  • Prof.ª Caroline Bonilha

9
Manifesto Dadaísta
  • Prof.ª Caroline Bonilha

10
Dadá é uma nova tendência da arte. Percebe-se que
o é porque, sendo até agora desconhecido, amanhã
toda a Zurique vai falar dele. Dadá vem do
dicionário. É bestialmente simples. Em francês
quer dizer "cavalo de pau" . Em alemão "Não me
chateies, faz favor, adeus, até à próxima!" Em
romeno "Certamente, claro, tem toda a razão,
assim é. Sim, senhor, realmente. Já tratamos
disso." E assim por diante.
  • Prof.ª Caroline Bonilha

11
Uma palavra internacional. Apenas uma palavra e
uma palavra como movimento. É simplesmente
bestial. Ao fazer dela uma tendência da arte, é
claro que vamos arranjar complicações.
Psicologia Dadá, literatura Dadá,
burguesia Dadá e vós, excelentíssimo poeta, que
sempre poetastes com palavras, mas nunca a
palavra propriamente dita. Guerra mundial
Dadá que nunca mais acaba, revolução Dadá que
nunca mais começa. Dadá, vós, amigos e Também
poetas, queridíssimos Evangelistas. Dadá Tzara, Da
dá Huelsenbeck, Dadá m'Dadá,Dadá mhm'Dadá, Dadá Hu
e, Dadá Tza.
  • Prof.ª Caroline Bonilha

12
Como conquistar a eterna bem aventurança?
Dizendo Dadá. Como ser célebre? Dizendo Dadá. Com
nobre gesto e maneiras finas. Até à loucura, até
perder a consciência. Como desfazer-nos de tudo o
que é enguia e dia-a-dia, de tudo o que é
simpático e linfático, de tudo o que é
moralizado, animalizado, enfeitado?
Dizendo Dadá. Dadá é a alma-do-mundo, Dadá é o
Coiso, Dadá é o melhor sabão-de-leite-de-lírio do
mundo. Dadá Senhor Rubiner, Dadá Senhor
Korrodi, Dadá Senhor Anastasius
Lilienstein. Zurique, 14 de Julho de 1916
  • Prof.ª Caroline Bonilha

13
Marcel Duchamp
  • Prof.ª Caroline Bonilha

14
Ready-made Definição O termo é criado por
Marcel Duchamp (1887 - 1968) para designar um
tipo de objeto que consiste em um ou mais artigos
de uso cotidiano, produzidos em massa,
selecionados sem critérios estéticos e expostos
como obras de arte em espaços especializados
(museus e galerias). Ao transformar qualquer
objeto em obra de arte, o artista realiza uma
crítica radical ao sistema da arte. Assim,
objetos utilitários sem nenhum valor estético em
si são retirados de seus contextos originais e
elevados à condição de obra de arte simplesmente
ao ganhar uma assinatura e um espaço em
exposições. 
  • Prof.ª Caroline Bonilha

15
Marcel Duchamp A fonte, 1917
  • Prof.ª Caroline Bonilha

16
Marcel Duchamp A roda da bicicleta, 1913
  • Prof.ª Caroline Bonilha

17
  • Prof.ª Caroline Bonilha

18
Kur Schiwitters
  • Prof.ª Caroline Bonilha

19
  • Multi-artista considerado o pai da instalação a
    partir da criação de uma ideia batizada de
    Merzbau
  • Kurt tentava superar os limites do tempo da vida
    e do tempo da arte
  • Para isso propôs a realização de uma obra sem
    fim, ou melhor cujo o fim coincidiria com a sua
    morte
  • O primeiro Merzbau foi destruído por uma bomba
    nazista no começo da segunda Guerra Mundial.
  • Na Suécia ele começou o segundo Merzbau,
    concluído com sua morte.
  • O Merzbau é uma obra sem fim, sem plano, que
    recebia elementos novos a cada dia
  • Prof.ª Caroline Bonilha

20
  • Prof.ª Caroline Bonilha

21
  • Prof.ª Caroline Bonilha

22
  • Prof.ª Caroline Bonilha

23
  • Prof.ª Caroline Bonilha

24
INSTALAÇÃO - Instalação é um lugar, sala ou
outro espaço onde o artista realiza um
trabalho e que é também tratado como
material - Na maioria das vezes, o artista se
apropria de uma sala já existente - Espaços
externos também podem ser apropriados e
transformados em instalações que repensam o
espaço real - A instalação remete à escultura
ou à arte objetou pelo uso do espaço
tridimensional, mas deles se distingue bastante
  • Prof.ª Caroline Bonilha

25
- No ambiente de instalações, é sempre exigida a
participação direta do espectador na exploração
do espaço da sala pelo deslocamento de seu corpo
entre os dispositivos, numa espécie de "presença
cênica".
Jorge Machi, 6ª Bienal do Mercosul, 2009
  • Prof.ª Caroline Bonilha

26
Hannah Hoch
  • Prof.ª Caroline Bonilha

27
  • Prof.ª Caroline Bonilha

28
  • Prof.ª Caroline Bonilha

29
  • Prof.ª Caroline Bonilha

30
  • Prof.ª Caroline Bonilha

31
  • Prof.ª Caroline Bonilha

32
Raoul Hausmann
  • Prof.ª Caroline Bonilha

33
László Moholy-Nagy 
  • Prof.ª Caroline Bonilha

34
Grete Stern
  • Prof.ª Caroline Bonilha

35
Grete Stern
  • Prof.ª Caroline Bonilha

36
  • Prof.ª Caroline Bonilha

37
John Heartfield 
  • Prof.ª Caroline Bonilha

38
  • Prof.ª Caroline Bonilha

39
  • Proposta de trabalho prático
  • Crie uma colagem a partir do texto Manifesto
    Dadaísta
  • Material
  • Uma folha de papel Canson A4
  • Revistas e jornais velhos
  • Fotografias
  • Tesoura
  • Cola bastão
  • O trabalho será realizado em sala de aula nos
    dias 09 e 16 de maio
  • Trabalho individual
  • Valor 6,0 pontos
  • Prof.ª Caroline Bonilha

40
Referências Enciclopédia de Artes Visuais Itaú
Cultural http//www.itaucultural.org.br/ Arte na
Escola http//www.artenaescola.org.br/
  • Prof.ª Caroline Bonilha
Write a Comment
User Comments (0)
About PowerShow.com