Apresenta - PowerPoint PPT Presentation

Loading...

PPT – Apresenta PowerPoint presentation | free to download - id: 861406-NjdhZ



Loading


The Adobe Flash plugin is needed to view this content

Get the plugin now

View by Category
About This Presentation
Title:

Apresenta

Description:

... Ant nio Carlos Jobim. Refor ar a luta pela proposta de altera o tag GIG por RIO , ... Carlos Alberto Muniz (professores e membros do Conselho). – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:8
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 151
Provided by: Nelson161
Learn more at: http://www.acrio.rio
Category:

less

Write a Comment
User Comments (0)
Transcript and Presenter's Notes

Title: Apresenta


1
Plano de Trabalho dos Conselhos Empresariais da
ACRio
INSTRUÇÕES PARA NAVEGAÇÃO
1
2
3
No leque, clique numa das abas dos Conselhos
Empresariais
Dentro de cada Conselho Empresarial, clique nas
abas para conhecer cada proposta
Para retornar ao leque, clique no ícone INÍCIO,
localizado no canto superior direito de cada
slide
NAVEGAR
2
Plano de Trabalho dos Conselhos Empresariais da
ACRio
3
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Assuntos Jurídicos
4
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Integração com outros conselhos e com o CBMA.
Agilização no conhecimento das leis, projetos e
ações legais de interesse da classe
empresarial. Trazer mais empresários para o
conselho. Acompanhar e propor projeto de Código
de defesa dos contribuintes do Rio (Município e
Estado). Desenvolver estudos com Temas
Internacionais voltados para o comércio propondo
e divulgando ideias para reduzir custos
empresariais. Contestação da adoção de Medida
Provisória em matéria tributária.
Reivindicação do cumprimento do art. 212 do
Código Tributário Nacional, que é Lei
Complementar, no sentido da consolidação anual,
em texto único da legislação vigente, relativa a
cada um dos tributos.
CE de Assuntos Jurídicos
5
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Lentidão dos projetos de lei, das ações
judiciais, complexidade, multiplicidade de
assuntos, maior conhecimento das necessidades
dos outros conselhos. Dificuldade de
comparecimento dos membros face à diversidade de
matérias de interesse constitucional,
comercial, tributário, internacional,meio
ambiente, mineração, petróleo e gás, processual,
criminal, administrativo, penal etc.
CE de Assuntos Jurídicos
6
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
DESAFIOS / GARGALOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Melhorias do conhecimento do ambiente jurídico
facilitando as relações empresariais. Conheciment
o e acompanhamento dos acordos bi ou
multilaterais que caracterizam a realidade
contemporânea, e os benefícios dos tratados para
evitar a dupla tributação internacional
facilitando a atuação internacional.
CE de Assuntos Jurídicos
7
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Desenvolvimento da atividade negocial com maior
segurança jurídica, evitando desta forma
aumentos desnecessários, promovendo a atuação
com maior conhecimento, reduzindo os ônus e
simplificando a atuação. Divulgação de matérias
importantes para os empresários.
CE de Assuntos Jurídicos
8
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Associação Brasileira de Direto Financeiro -
ABDF, Instituto Brasileiro de Governança
Corporativa, Rotary e demais Conselhos e
respectivos Parceiros. IAB, OAB Associação dos
Magistrados Brasileiros, a Associação dos Juízes
Federais AJUFE, a Fundação Getúlio Vargas e o
Centro Universitário do Prof. Ives Gandra Martin.
E deve-se ampliar as parcerias, inclusive com a
pretensão de buscar parceira com o renomado
Centro de Informação Europeu Jacques Delors, em
Lisboa. Participar de processos de interesse dos
empresários seja em Ações Diretas de
Inconstitucionalidade no Estado, ou como amicus
curiae.
CE de Assuntos Jurídicos
9
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
A ser analisado preferencialmente de acordo com o
tema abordado.
CE de Assuntos Jurídicos
10
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Os mailings pessoais dos membros do Conselho e
dos Conselhos Parceiros.
CE de Assuntos Jurídicos
11
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Combate ao aumento dos tributos, às leis que
dificultam a atividade empresarial e melhoria da
legislação.
CE de Assuntos Jurídicos
12
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
CE de Comércio de Bens e Serviços
13
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
  • Palestras e Discussões sobre o Super Simples
    Nacional.
  • Discutir a questão das grandes megalópoles
    municípios no eixo Rio São Paulo.
  • Tratar de assuntos relacionados ao meio ambiente
    e às empresas do comércio.
  • Produção de Documentos de teor comercial nos
    formatos escrito e digital.
  • Com apontamentos em diferentes assuntos de
    interesse da classe empresarial.
  • Ex. Substituição Tributária, Legislação
    Trabalhista, Carga Tributária, etc.
  • Convidar líderes e empresários do comércio para
    compartilharem suas experiências no Conselho.

CE de Comércio de Bens e Serviços
14
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Atrair empresários do comércio para participarem
das reuniões, considerando as dificuldades que
têm em deixar suas empresas. Agendas sem muita
flexibilidade devido aos inúmeros eventos
empresarias na cidade.
CE de Comércio de Bens e Serviços
15
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Possibilidade de criação de fórum de negócios
entre as diferentes empresas comerciais. Troca
de experiências e dados comerciais que poderão
servir de subsídios para novos negócios.
CE de Comércio de Bens e Serviços
16
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Documentos produzidos servirão de base para
consultas dos associados. Disponibilização de
informações de interesse dos empresários do
comércio. Oportunidades para encaminharem suas
sugestões e pleitos relativos aos seus segmentos
específicos do comércio.
CE de Comércio de Bens e Serviços
17
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Associações comerciais das demais cidades do
estado do Rio de Janeiro e dos bairros da cidade
do Rio de Janeiro. Entidades coirmãs como por
exemplo Sindilojas Rio (Sindicato dos Lojistas),
CDL Rio (Clube de Diretores Lojistas), SESCON
(Sindicato das Empresas Contábeis), SindRio
(Sindicato de Bares, Hotéis e Restaurantes), CRC
RJ (Conselho Regional de Contabilidade),
SindiCont (Sindicato dos Contabilistas). Demais
Conselhos Empresariais (CE) da ACRio de áreas de
interseção com o Comércio de Bens e Serviços,
como por exemplo (em ordem alfabética) Assuntos
Jurídicos, Cultura, Desenvolvimento Urbano,
Educação, Franchising, Inovação e Tecnologia,
Jovens Empreendedores, Logística e Transporte,
Pequena e Média Empresa, Meio Ambiente e
Sustentabilidade, Políticas Econômicas, Relações
do Trabalho, Segurança Pública, Ética e
Cidadania, Serviços Terceirizáveis, Turismo
Pró-Rio.
CE de Comércio de Bens e Serviços
18
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Crescimento da representatividade da Associação
perante à classe empresarial do
comércio. Geração de oportunidades para aumentar
o quadro social. Engrandecimento da presença da
ACRio no cenário político/econômico da cidade e
do estado do Rio de Janeiro. Fortalecimento da
marca ACRio.
CE de Comércio de Bens e Serviços
19
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Cultura
20
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Seminários Temáticos que aportarão temas ainda
não analisados pela ACRio, tais como Seminário
da Cachaça, previsto para 24.11.15 Eleição das
3 empresas premiadas para o Prêmio Visconde de
Mauá Cultura - 2015 Entrega prevista para
02.12.15 Atuação dentro do Seminário Encontrão
do ISS em parceria com a Secretaria Municipal de
Cultura, agendado para 10.11.15 Realização de
Exposição/Feira Durante um período (um mês ou
mais), destacando a história das Associações
Comerciais no Brasil para a importância no
Comércio e na Economia do País. Convidar as
Associações Comerciais do Brasil para um Ciclo de
Palestras, antecedendo às Olimpíadas, previsto
para abril ou maio/2016 Homenagem ao almirante
francês Nicolas Durand de Villegagnon 1º
Europeu fundador da Baia de Guanabara. Sugestão
de inauguração de busto na calçada da ACRio, em
parceria com a Marinha (Escola da Marinha) e
Consulado da França, com patrocínio de alguma
empresa francesa.
CE de Cultura
21
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Possibilidade de somar esforços no sentido de
estimular novas ideias dentro dos museus da
Região Portuária Aproximação de empresários
ligados à ACRio com as Leis de Incentivo Cultural
(ISS, ICMS e Lei Rouanet) Retornar à ideia do
Conselho de Cultura para a recuperação da Quinta
da Boa Vista, lugar de excelência, mas de
abandono no Rio Gravação para a posteridade de
arquivo específico para colher vidas e obras de
integrantes relevantes da ACRio Revitalização
da memória da Casa de Mauá, especificamente
incidindo sobre a coleção do Jornal do Commercio.
CE de Cultura
22
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Feiras Específicas e Temas Culturais que permitam
negócios entre produtores e consumidores,
conforme alguns temas citados na coluna
PRIORIDADES. Resultados da Parceria
Empresas/Produtores Culturais a partir das Leis
de Incentivo Cultural (ISS, ICMS e Lei Rouanet)
CE de Cultura
23
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
As Oportunidades de Negócios citadas nas colunas
anteriores beneficiarão os negócios culturais
dos associados da ACRio.
CE de Cultura
24
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Integração entre os Conselhos Empresariais,
beneficiando a ACRio a partir de facilidades
para uma melhor gestão da Casa. Busca de
interação com os responsáveis pela gestão e
possibilidades das Leis de Incentivo Fiscal
(Secretarias de Cultura do Município e do
Estado, além do Ministério da Cultura).
CE de Cultura
25
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Buscar patrocínio entre as empresas parceiras
para as realizações culturais da Casa, como por
exemplo a Memória (Coleção Jornal do Commercio),
o Acervo, as Premiações e os depoimentos para a
Posteridade, com ícones da ACRio.
CE de Cultura
26
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Conforme já citado na coluna PARCEIROS, buscar
integração entre os Conselhos Empresariais,
beneficiando a ACRio a partir de facilidades
para uma melhor gestão da Casa.
CE de Cultura
27
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Idem colunas PARCEIROS e REDES.
CE de Cultura
28
PRIORIDADES
PARCEIROS
CE de Desenvolvimento do Esporte
29
PRIORIDADES
PARCEIROS
Apoiar o movimento Pacto Setorial pelo
Esporte Promover, em parceria com CJ-ACRJ e
CBMA, a criação de uma Câmara Setorial de
Arbitragem e Mediação, dos conflitos relativos
aos Contratos do Esporte, e inclusive programar
seminário sobre o tema. Discutir a questão da
regulamentação do Jogo de Poker, como
Esporte SPORTCOM Encontro dos Negócios do
Esporte, em 2016- Criação de Grupos de Trabalho
para discutir os seguintes assuntos Grupo de
Trabalho de Esporte Função Social Grupo de
Trabalho de Arbitragem e Mediação Grupo de
Trabalho de Marketing Grupo de Trabalho de
Direito Esportivo Grupo de Trabalho de
Coordenação Geral.
CE de Desenvolvimento do Esporte
30
PRIORIDADES
PARCEIROS
CBMA SEBRAE- RJ
CE de Desenvolvimento do Esporte
31
DESAFIOS / GARGALOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
CE de Desenvolvimento Urbano
32
DESAFIOS / GARGALOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Promover a reorganização do território
metropolitano, com metas e diretrizes pactuadas
com a sociedade, de acordo com uma Visão de
Futuro Tornar o Rio de Janeiro, uma Metrópole
do Porvir, cidade inteligente e conectada, com os
meios de transporte integrados, espaços
produtivos diversificados, mais equânime na
distribuição de oportunidades Definir
estratégias integradas de desenvolvimento
metropolitano e urbano, focadas nas dimensões
social e econômica e ancoradas na integração das
políticas públicas e nos investimentos públicos e
privados.
CE de Desenvolvimento Urbano
33
DESAFIOS / GARGALOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Discutir os principais desafios metropolitanos,
que são de ordem social, econômica, institucional
e ambiental, dentre eles Expansão Urbana
Desenfreada Mobilidade Urbana Saneamento
Básico.
CE de Desenvolvimento Urbano
34
DESAFIOS / GARGALOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
Demais Conselhos da ACRIo, promovendo a
integração entre eles e a interseção de suas
ações Contar com a participação ativa e
inclusiva do Estado, dos Municípios, do
Legislativo, das empresas, da sociedade civil.
CE de Desenvolvimento Urbano
35
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Educação
36
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Convidar referências do setor educacional. Amplia
r o relacionamento com os outros Conselhos da
Casa. Missão Internacional Empresarial
Educacional. Prêmio Visconde de Mauá Educação
2015. PINCE Programa Inovar para Crescer.
CE de Educação
37
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Financiamento Público. Legislação Educacional do
Ensino Superior. Inclusão (formação do
professor) Internacionalização do setor
educacional no Rio de Janeiro (Intercâmbios).
CE de Educação
38
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Almoço Empresarial com Secretário do MEC Luiz
Claudio Costa. Reunião com convidado Diretor de
Políticas da Secretaria de Educação Superior
Dilvo Ristoff. Desenvolver evento educacional no
Rio de Janeiro com Ensino médio e
Superior. Programa Transforma Educação do Rio
2016 (conteúdo sobre a Olimpíada). Ivaldo
Brandão Vice-Presidente do Comitê Paralimpico
Tema Oportunidades no contexto
Paralimpico. Gustavo Ioschpe - Economista -
Autor do livro o Que o Brasil que ser quando
crescer. (segunda Quinzena de NOVEMBRO) Visita
guiada ao Porto Maravilha com o Secretario
Municipal de Meio Ambiente Carlos Alberto Muniz
(professores e membros do Conselho).
CE de Educação
39
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Descontos para Associados e para os Funcionários
da ACRio.
CE de Educação
40
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
ABMES Associação Brasileira Mantenedores do
Ensino Superior. Secretaria Municipal de
Educação. CIEE SINEPE/RJ Sindicato das
Escolas Privadas do Rio de Janeiro ASBREI
Associação Brasileira de Educação Infantil.
CE de Educação
41
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Santander (Santander Universidades). Bradesco
(Financiamento Estudantil). Buscar uma Editora
parceira.
CE de Educação
42
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
PEA/UNESCO Programa de Escolas Associadas. Rio
2016. Google. Startup/ASSESPRO/ Secretaria
Estadual de Ciência e Tecnologia. Universidade
Federal do Rio de Janeiro UFRJ - Instituto de
Nutrição e Escola de Educação Física. Projeto
Lei Seca.
CE de Educação
43
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Folha Dirigida Redes Sociais
CE de Educação
44
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Energia
45
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Atuar, de forma pró-ativa, em todas as questões
sobre energia (petróleo, gás, eletricidade,
nuclear, eólico, solar, biomassa e outros), no
contexto nacional, com ênfase nos aspectos do Rio
de Janeiro (Estado e Município), fazendo uso de
sinergia de outras organizações locais, na busca
de objetivos comuns. Participar ativamente dos
seguintes processos Revitalização dos setores
de petróleo e gás Retomada do Programa
Nuclear, dentro de um novo modelo que permita a
participação da iniciativa privada e que
reformule as atribuições da CNEN Retomada do
Comperj Regulamentação da geração distribuída,
com vistas, principalmente, o setor comercial no
Rio de Janeiro Participação efetiva na
reformulação do modelo do Setor Elétrico
Brasileiro, face ao esgotamento do atual e
necessidades de gerenciamento de conflitos entre
uso da água para consumo e geração, bem como
geração térmica e hidrelétricas. Atuação
pró-ativa na adoção da dessalinização de água do
mar para minimizar a vulnerabilidade do
abastecimento do Município, bem como da
eliminação de resíduos urbanos com produção de
energia.
CE de Energia
46
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Situação econômica, financeira e política do
país deterioração da capacidade de investimento
das grandes empresas, em particular Petrobras e
Sistema Eletrobrás, bem como as grandes
empreiteiras.
CE de Energia
47
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Investimentos em novos nichos tais como
Geração distribuída, principalmente no segmento
comercial (shoppings, empresas com áreas
descobertas) para o uso de painéis solares
Dessalinização de água do mar com produção de
eletricidade (grande gargalo do crescimento do
Município e fator de vulnerabilidade) e
Geração de energia elétrica, por meio da
eliminação de resíduos urbanos.
CE de Energia
48
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Oportunidade de participação em novos negócios,
segurança no suprimento de insumos essenciais e
redução significativa dos custos de eletricidade,
com o uso da geração distribuída.
CE de Energia
49
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Secretarias estaduais e municipais ligadas aos
setores de infraestrutura e energia, Firjan,
CNC, ANP, FGV, ONS, ANEEL, EPE, ABDAN, Aben,
Abrajet, INP, associações de classe,
universidades, Comlurb, Cedae, Light, Ampla, Etc.
CE de Energia
50
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Entidades de fomento multilaterais, empresas de
energia localizadas no Estado, bancos,
consulados, empresas nacionais e estrangeiras
detentores de tecnologia, dentre outros.
CE de Energia
51
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Entidades ambientais, Universidades, Governos
estaduais, municipais e federal, Associações
Comerciais, dentre outros.
CE de Energia
52
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Consolidação do papel da ACRio como um dos
principais agentes da criação das imagens "Rio
Capital da Energia e "Rio Capital Mundial do
Desenvolvimento Sustentável ", viabilizar
projetos a serem disseminados em outras
localidades através da rede de Associações
Comerciais e visibilidade por meio de sua
presença nos principais foros do setor de energia.
CE de Energia
53
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Franchising
54
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Chamamento (captação) e recebimento de franquias
estrangeiras para sua expansão no
Brasil Exportação de marcas brasileiras Curso
à distância de Franchising Participação na Feira
do SEBRAE do Empreendedor Localização com
incentivos de empresas contact center na Zona
Portuária Congresso Internacional das Câmaras
de Comércio Exterior no Brasil. Criação de um
Conselho Empresarial de Recuperação de Créditos.
CE de Franchising
55
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Comparecer a feiras no exterior Assinar
revistas da IFA Assinar revistas da Associação
Francesa de Franquias Assessoramento
específico Eventos no Conselho Empresarial de
Franchising sobre o tema Franquias sem
Fronteiras Convidados Diretor da área
internacional da ABF Nacional e Presidente da
APEX Aquisição e instalação de um programa
específico na ACRio, para oferecimento do curso
Franquias sem Fronteiras cujo orçamento já
se encontra com Sra. Valéria Aguiar Contar com
a participação dos Conselhos Empresariais da
Pequena e Média Empresa e de Jovens
Empreendedores da ACRio Auferir os respectivos
incentivos.
CE de Franchising
56
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Empresários brasileiros como máster franqueados e
sub franqueados Fortalecimento das marcas
brasileiras pela sua presença no Exterior Renda
para ACRio Projeção da ACRio Oportunidades de
negócios imensas e inúmeras.
CE de Franchising
57
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Maior número de Associados dentre os Franqueados
brasileiros Expansão no Brasil das marcas
nacionais Franqueados Novos Associados da
ACRio Alunos do curso Franquias sem
Fronteiras (à distância) como sócios em
potencial da ACRio ACRio ganhando projeção
internacional Higidez da Pequena e Média
Empresa, sede própria do Franchising Redução do
P.D.D (Provisão para Devedores Duvidosos).
CE de Franchising
58
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
SEBRAE Rio de Janeiro ABF Rio de
Janeiro Instituto Brasileiro de Pesquisas,
Desenvolvimento e Inovação em Crédito e
Cobrança Instituto GEOC (Gestão de Excelência
Operacional em Cobrança).
CE de Franchising
59
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
SEBRAE RJ SEBRAE Nacional CBMA AgeRio.
CE de Franchising
60
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
O Franchising, é por natureza, um conceito que se
materializa através de redes.
CE de Franchising
61
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
RIO SEM FRONTEIRAS ACRio contribuindo para a
higidez das empresas.
CE de Franchising
62
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
CE de Inovação e Tecnologia
63
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
Difundir os vários aspectos da inovação, com foco
preferencial nas Micro e Pequenas
Empresas Implementar a Inovação e o
Empreendedorismo na Educação ( Projeto
PINCE) Prover Infraestrutura propícia à
Inovação( GT de conectividade/ Nave do
Conhecimento Empresarial/ Banco de Ofertas de
Tecnologias e Serviços Tecnológicos/ Marco
Regulatório da Inovação) Semana de Tecnologia e
Inovação do SEBRAE RJ na ACRio em
2016 Reunião com o Presidente do Instituto
Vital Brazil, Antônio Joaquim Werneck, para
discutir e apoiar o projeto de se estabelecer um
polo de Biotecnologia no Rio de Janeiro (em
conjunto ao Conselho Empresarial de Medicina e
Saúde Trabalhar a Educação Empreendedora de
base.
CE de Inovação e Tecnologia
64
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
Os associados conhecerão e implementarão a
inovação como elemento de gestão em busca da
competitividade (seminários). Os associados
conhecerão os mecanismos oficiais de apoio à
inovação (programa Ali/programas da FAPERJ)
Aplicação de ideias criativas surgidas no
âmbito do projeto em suas atividades
econômicas. Identificação de possíveis talentos
a serem incorporados à sua força de
trabalho. Proposição de desafios como tema de
inovação (patrocínio). Proporcionar fórum onde
se discutem os aspectos ligados à Infraestrutura
de Inovação. Banco de oferta de tecnologia pode
proporcionar oportunidades de novos negócios aos
associados.
CE de Inovação e Tecnologia
65
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
Possível convênio com SEBRAE em apoio ao Programa
ALI. Possível adesão de novos associados à ACRio
em função da capacitação oferecida.
Captação de recursos através de
patrocínios. Benefícios à imagem da
Instituição. Possibilidade de retorno pecuniário
pela intermediação de novos negócios. Incremento
da imagem institucional da ACRio.
CE de Inovação e Tecnologia
66
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Jovens Empreendedores
67
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Posicionamento Político em defesa do
Empreendedorismo, articulação com o setor público
e ações para defesa de propostas e educação da
população, como o Feirão do Imposto e Assina
Brasil Fomento ao Empreendedorismo e Jovem
Empresário através de conteúdos pró startup,
inovação , gestão e acesso a capital Desenvolv
imento de Produtos Conexão com Redes
Empreendedoras do Rio de Janeiro.
CE de Jovens Empreendedores
MAIS PRIORIDADES
68
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Núcleos de Atuação
Política Temas Educação Tributária
Feirão do Imposto, DLI, Assina Brasil
Representatividade do Jovem Empresário Redução
da carga tributária Apoio à PMEs e Startups
Apoio à Inovação Apoio à Educação
Empreendedora Transparência na Gestão Pública
CE de Jovens Empreendedores
GESTÃO
69
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Falta de recursos para alguns eventos (mas também
pode ser uma oportunidade).
CE de Jovens Empreendedores
70
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Centro de Negócios ACRio Cursos e
Eventos Criação de produtos para o associado
Apoiar a Casa na captação de parceiros.
CE de Jovens Empreendedores
Fomento Temas Informações e Oportunidades
para Quem quer Empreender - Startups Pequenos
Empresários Gestão Investimento, Finanças,
Crédito
Inteligência de Negocios - Editais -
Oportunidades Trabalho em Parcerias Mentoria
com Empresarios de outros Conselhos da ACRio
71
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Mentoria ACRio Página CONJOVE para promover
negócios dos Associados Rede de
contatos Rodadas de Negócio e Networking.
CE de Jovens Empreendedores
Produtos - Temas Monetizar CONJOVE e ACRio
Eventos de Capacitação Reproduzir modelos
existentes de outras Associações e Movimentos
Jovens Rodadas de Negocio e Feiras
Empreendedoras
72
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Parceiros próximos Endeavor, RioJunior, CONAJE,
Iniciativa Jovem Shell, Instituto IBMEC, FIRJAN,
Rede Global de Empreendedorismo, Universidade
Estácio de Sá.
CE de Jovens Empreendedores
73
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Hoje não há patrocinadores diretos do CONJOVE
Conseguimos uma boa aproximação com o SEBRAE
devido ao Congresso CONAJE.
CE de Jovens Empreendedores
74
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Rede CONAJE, Movimento Empresa Junior,
Empreendedorismo Universitário, Rede Global de
Empreendedorismo.
Redes Temas Parcerias Institucionais
Posicionamento Rede das Redes Conselho de
Empreendedorismo
CE de Jovens Empreendedores
75
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Buscar Cursos e Eventos que tragam dinheiro para
a Casa Congresso CONAJE (se atingirmos a meta
de captação) Apoiar a Casa na captação de
Parceiros.
CE de Jovens Empreendedores
76
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Logística e Transporte
77
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Implantação e Desenvolvimento da Zona
Internacional de Serviços/Logística ZIS/L. -
No Estado Rio de Janeiro e na Região
Sudeste. Pensar modos de reduzir custos e tornar
eficaz a implementação dos conceitos modernos de
transporte urbano, principalmente no que
concerne à otimização dos serviços aos usuários
do Rio de Janeiro e Região Metropolitana. Plano
de Abastecimento do Município do Rio e da Região
Metropolitana RJ (21 municípios) em conjunto com
a FETRANSCARGA e SINDICARGA e com o apoio da
Prefeitura do Rio projeto macro e especial
para Olimpíadas 2016 coordenação com todos os
segmentos e serviços, como empresas de
transportes de cargas, de carga própria
(bebidas, eletroeletrônicos, hortifrúti,
alimentos etc), comércio varejista,
concessionárias de veículos, shopping centers,
grandes magazines, postos de combustíveis,
centros comerciais fechados e abertos etc. PDTU
Plano Diretor de Transporte Urbano () -
acompanhamento da conclusão e da
execução/implantação do programa. PELC RJ 2040
Plano Estratégico de Logística de Cargas () -
acompanhamento da conclusão e da
execução/implantação do programa. () Plano de
Estado
CE de Logística e Transporte
78
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Ajustar a atuação e trabalho do CELT ao programa
de gestão da ACRio. Planejar e ordenar os temas
dentro do período bianual, procurando abranger
todos os segmentos e modais. Propor projetos às
esferas de poder municipal e estadual, visando o
benefício da população aliado ao avanço
Econômico do Rio de Janeiro, expandindo, quando
for o caso, para esfera Federal/Nacional. CIL
(Centros de Integração de Logística) Ministério
dos Transportes e COPPE/UFRJ idem.
CE de Logística e Transporte
79
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
  • Coordenação com outros Conselhos da ACRio (Bens e
    Serviços, Desenvolvimento Urbano,
  • Pequena e Media Empresa, Turismo Pro Rio e
    outros) e Secretarias e entidades, em temas e
    objetivos afins.
  • Visão Rio 500 Anos Diálogos com o futuro (PMRJ)
    - participação e contribuição.
  • Criação de Seminários e Debates com a
    participação dos demais Conselhos, ligados aos
    temas
  • Infraestrutura e Logística.
  • Integração com outras entidades em temas comuns
  • Firjan, Fetranscarga, Fecomércio,
    Confederações, ABCR etc
  • Termo de Cooperação Técnica assinado entre ACRJ e
    SETRANS (cópia anexa) do objeto
  • empreender esforços no sentido de celebrar
    futuros Acordos de Cooperação, visando a troca
  • de informações entre os PARTÍCIPES,para subsidiar
    o Planejamento da Logística de Cargas
  • e Serviços Correlatos nas suas respectivas
    esferas de atuação.

CE de Logística e Transporte
80
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Divulgação das conquistas do Conselho Empresarial
de Logística e Transporte visando beneficiar
todos os Associados da ACRio, com informações
relevantes referentes a Mobilidade da Cidade, da
Região Metropolitana e do Estado do RJ. Idem com
relação à infraestrutura logística necessária
para desenvolvimento das atividades econômicas
Cidade, Região Metropolitana, Estado, País e
operações internacionais (exportação/importação).
CE de Logística e Transporte
81
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
  • Governo Federal
  • Ministério
  • dos Transportes - ANTT
  • - COPPE UFRJ
  • - EPL

Prefeitura do Rio - SMTR - CET-RIO - GUARDA
MUNICIPAL - COMPANHIA DOCAS - VISÃO RIO 500 -
CONSELHO DA CIDADE - CAMARA MUNICIPAL
Entidades - FIRJAN - FETRANSCARGA - AEB -
SINDICARGA - Confederações - Sebrae - ABCR
  • Governo do Estado
  • - SETRANS
  • - SEA
  • - SEOP
  • - RIO TRILHOS
  • - SEDEIS
  • - CODERT
  • - ALERJ
  • GOVERNANÇA
  • METROPOLITANA

CE de Logística e Transporte
82
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
SEBRAE-RJ Concessionárias entidades,
associações e empresas
CE de Logística e Transporte
83
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Implementação da rede das redes, interligando com
segmentos e representações que tenham interesses
afins
CE de Logística e Transporte
84
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Aumentar a área de atuação do Conselho de
Logística e Transporte, visando valorizar o
trabalho realizado pela ACRio. Valorizar e
honrar a História da ACRio, também procurando
trazer investimentos e recursos técnicos para
desenvolvimento e implantação de projetos
privados e em parcerias públicas.
CE de Logística e Transporte
85
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
CE de Medicina e Saúde
86
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Aumentar e aprimorar a qualificação profissional
na rede hospitalar pública e privada. Desburocrat
izar e qualificar a vigilância estadual e
municipal, transferindo algumas funções da
vigilância estadual para a municipal e incorporar
funções da federal na estadual. Limpeza do
excesso regulatório. Propor um novo modelo de
gestão para a Fundação Pestalozzi em Niterói que
é responsável por mais de 10.000 atendimentos
/ano de crianças com as mais variadas causas de
deficiências. Torná-la sustentável através de
patrocínios de programas por instituições de
saúde do rio de janeiro.
CE de Medicina e Saúde
87
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Barreiras corporativas para mudanças no modelo de
gestão. Falta de cultura empresarial em investir
na capacitação profissional de seus empregados
pelo temor de serem aproveitados pelo
concorrente. Enfrentar a gigantesca barreira
burocrática e cultura de excessiva regulação do
setor saúde. Aprovar uma nova legislação
sanitária para o Rio de Janeiro. Criar um modelo
de gestão focado em resultados para uma
instituição sem essa cultura. Implementar
programas incentivados. Convencer o MPT- RJ a
considerar o investimento em educação como um
fator redutor nas cotas de deficientes nas
empresas de saúde aderentes ao programa.
CE de Medicina e Saúde
88
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Criação de parcerias público-privadas e
incorporação de tecnologias ao modelo de
gestão. Redução do desperdício e maior
investimento em tecnologia. Abertura de
mercado para organizações educacionais. Reduzir
o tempo e as barreiras regulatórias para
implantação de novas indústrias da saúde no Rio
de Janeiro, gerando empregos e incorporando
conhecimento. Reduzir a imensa dificuldade de
atingir as cotas de deficientes nas organizações
de saúde através do incentivo a formação
profissional de deficientes que poderiam atender
a outras indústrias.
CE de Medicina e Saúde
89
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Melhorar a qualidade da assistência pública e
reduzindo a dependência de serviços privados
para os empregados das instituições. Melhor
qualidade da assistência prestada e menor custos
pela redução do desperdício. Geração de parques
de conhecimento em saúde, incluindo
biotecnologia, com geração de empregos e
conhecimento. Formação profissional de
deficientes físicos para preenchimento de cotas
feita por organização reconhecida
internacionalmente.
CE de Medicina e Saúde
90
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Instituições hospitalares privadas e organizações
sociais sem fins lucrativos, que ofereceriam a
gestão dos hospitais públicos, em contrapartida,
aos benefícios tributários decorrentes da
filantropia. Instituições de ensino e de
treinamento/capacitação. Indústria
farmacêutica, de biotecnologia e hospitais e
clinicas. Rede hospitalar, indústria de
equipamentos e insumos e de planos de saúde do
Rio de Janeiro.
CE de Medicina e Saúde
91
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Recursos públicos. Recursos públicos e da cadeia
produtiva da saúde (indústria, planos de saúde,
hospitais etc) que têm interesse em melhorar o
desempenho e resultado de suas instituições. Recu
rsos da E cadeia produtiva da saúde (indústria,
planos de saúde, hospitais etc) que tem
interesse em preencher suas cotas de deficientes
através de uma ação social mobilizadora.
CE de Medicina e Saúde
92
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Pública e privada. Educação, saúde e inovação e
tecnologia. Secretarias de estado de saúde,
secretarias municipais de saúde, indústria de
insumos e equipamentos, organizações prestadoras
de serviços na saúde. Ministério do Trabalho,
Ministério Público do Trabalho e Conselhos
empresariais do trabalho e da educação .
CE de Medicina e Saúde
93
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
A saúde é entendida como o principal problema
pela população do Rio de Janeiro. Enfrentar
essa situação com propostas concretas é uma
resposta importante para a sociedade. Geração de
empregos e captação de novas indústrias para a
cidade e para o estado do Rio. Geração de
política inclusiva transformadora.
CE de Medicina e Saúde
94
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Conselho da Mulher Empresária
95
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Contribuir para a realização de eventos nos
moldes do Rio Fashion Week na Região
Portuária Criação da data comemorativa da
Conselheira de Administração das Empresas com
premiação para aquelas que se destacaram no
ano Levantamento de projetos sociais e criação
de banco de dados de projetos e patrocinadores
Elaborar Cartilhas orientadoras para captação de
patrocínio Criação de selo de qualidade para
Projetos Sociais
Conselho da Mulher Empresária
96
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Esvaziamento do Rio de Janeiro como polo lançador
de moda Achar a data que expresse a
importância Mão de obra para pesquisar,
levantar e alimentar banco de dados Levantar e
manter atualizadas as Leis de Incentivos Criar
comissão julgadora
Conselho da Mulher Empresária
97
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Unir forças com a FIRJAN objetivando resgatar a
imagem do Rio de Janeiro como polo lançador de
moda Agregar as grandes empresarias brasileiras
no projeto Facilitação de acesso entre
Patrocinadores e ONGs.
Conselho da Mulher Empresária
98
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Alavancar toda a cadeia de confecções, e por
consequência o comercio em geral Crescimento
dos quadros de associadas mulheres Visibilidade
no mercado.
Conselho da Mulher Empresária
99
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Conselho da Pequena e Média Empresa, Conselho de
Jovens Empreendedores, Conselho de Assuntos
Jurídicos e Conselho de Turismo Pró-Rio Pacto
do Rio e Redes.
Conselho da Mulher Empresária
100
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
FIRJAN, BNDES, Indústria Farmacêutica de
Estética UBS, Blue Tree, Stander Bank, TAM,
Magazine Luiza, KPMG Os mesmos patrocinadores
dos projetos.
Conselho da Mulher Empresária
101
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
FIRJAN, Indústria de Cosmeticos de ( Natura,
...) UBS, Blue Tree,Stander Bank, TAM, Magazine
Luiza, KPMG Pacto do Rio, Prefeitura.
Conselho da Mulher Empresária
102
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
REDES
Exposição na Mídia Exposição na
mídia Visibilidade no mercado, exposição na
midia.
Conselho da Mulher Empresária
103
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSOS
VALORES E BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS
PRIORIDADES
PARCEIROS
CE da Pequena e Média Empresa
104
VALORIZAÇÃO CAPITALIZAÇÃO ACRio
DESAFIOS / GARGALOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
PATROCINADORES/ RECURSO
About PowerShow.com