O SISTEMA NERVOSO - PowerPoint PPT Presentation

1 / 20
About This Presentation
Title:

O SISTEMA NERVOSO

Description:

O SISTEMA NERVOSO Profa. Marjory Torres INTRODU O : O sistema nervoso tem fun o de nos interligar e nos relacionar com o meio em que vivemos, recebendo e ... – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:182
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 21
Provided by: Amor97
Category:

less

Transcript and Presenter's Notes

Title: O SISTEMA NERVOSO


1
O SISTEMA NERVOSO

  • Profa. Marjory Torres

2
INTRODUÇÃO
  • O sistema nervoso tem função de nos interligar e
    nos relacionar com o meio em que vivemos,
    recebendo e interpretando as informações do
    ambiente para o corpo e vice versa.
  • O sistema nervoso é um conjunto de estruturas
    neurológicas e de órgãos que, constituindo uma
    complexa rede de células nervosas, regula todas
    as atividades do nosso organismo, das mais
    simples as mais complexas.

3
1. O NEURÔNIO
  • A unidade básica deste sistema é uma célula
    nervosa chamada neurônio.
  • O neurônio conduz o impulso nervoso e é composto
    por dendritos, corpo celular e axônio.

4
  • A SINAPSE é o local de transmissão do impulso
    nervoso de um neurônio para outro.
  • O impulso sempre segue o mesmo sentido DENDRITO
    ? CORPO CELULAR ? AXONIO
  • A cada sinapse um novo impulso nervoso é formado,
    por isso todo impulso nervoso tem sempre a mesma
    intensidade.
  • No final do axônio ocorre a liberação de
    neurotransmissores que atingem os dendritos dos
    neurônios seguintes dando origem a um novo
    impulso nervoso.

5
2. OS TIPOS DE NEURÔNIOS
  • De acordo com as funções os neurônios podem ser
  • Receptores ou sensitivos recebem os estímulos do
    ambiente e os enviam ao sistema nervoso central.
  • Motores ou efetuadores conduzem os impulsos
    motores do sistema nervoso central para os órgãos
    efetuadores.
  • Associativos ou interneuronios estabelecem as
    ligações entre os neurônios receptores e os
    associativos.

6
3. DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO
7
  • O SNC divide-se em encéfalo e medula.
  • No SNC, existem as chamadas substâncias cinzenta
    e branca. A substância cinzenta é formada pelos
    corpos dos neurônios e a branca, por seus
    prolongamentos. Com exceção do bulbo e da medula,
    a substância cinzenta ocorre mais externamente e
    a substância branca, mais internamente.

8
Os órgãos do SNC são protegidos por estruturas
esqueléticas (caixa craniana, protegendo
o encéfalo e coluna vertebral, protegendo
a medula - também denominada raque) e por
membranas denominadas meninges, situadas sob a
proteção esquelética dura-máter (a
externa), aracnóide (a do meio) e pia-máter (a
interna). Entre as meninges aracnóide e pia-máter
há um espaço preenchido por um líquido
denominado líquido cefalorraquidiano ou líquor.
9
3.1. encéfalo
  • Órgão que processa informação. Um encéfalo humano
    pode pesar até 1,4 kg e é um dos órgãos maiores
    do corpo.
  • O encéfalo humano contém mais de mil bilhões de
    células nervosas. Quando estão em plena
    atividade, gastam cerca de 20 por cento do
    oxigênio do corpo e libertam tanta energia como
    uma pequena lâmpada. Mas como se organiza o
    encéfalo humano e como esta dividido? O encéfalo
    está organizado em vários departamentos, cada
    um dos quais regula uma parte diferente do corpo.

10
  • BULBO
  • Parte do encéfalo ligada à espinal medula,
    equivale ao autopiloto do nosso corpo. Controla
    as funções essenciais à vida, tais como
    a respiração, o ritmo dos batimentos cardíacos e
    a tensão arterial.
  • CEREBELO
  • Parte do encéfalo que coordena os movimentos
    subconscientes. O cerebelo assegura o equilíbrio
    do corpo e a coordenação dos movimentos. O
    cerebelo recebe constantemente informações
    atualizadas acerca da posição e movimentos do
    corpo. Emitindo sinais para os músculos, controla
    a postura corporal e o equilíbrio dos movimentos.

11
  • CÉREBRO
  • Parte do encéfalo que intervém nas emoções e
    pensamento consciente. O cérebro pesa cerca de
    85 do total do encéfalo. Consiste em duas
    metades, denominadas hemisférios cerebrais. A
    camada exterior de cada hemisfério, conhecida por
    córtex cerebral, é constituída por substância
    cinzenta. E aí que o cérebro processa a
    informação.

12
  • HIPOTÁLAMO
  • Região do cérebro anterior que regula os
    processos vitais do organismo.Controla fatores
    como a temperatura do corpo e abastecimento
    de nutrientes, e emite instruções para corrigir
    quaisquer desequilíbrios. Por um lado funciona
    transmitindo sinais, através do sistema nervoso
    autônomo e por outro estimulando a glândula
    pituitária, ou hipófise, para que libere
    hormônios.
  • TÁLAMO
  • Região de cérebro anterior que transmite ao
    cérebro informações sensoriaisA palavra tálamo
    significa quarto e designa um pequeno grupo,
    arredondado, de células nervosas, situado no
    interior de cada um dos hemisférios cerebrais. O
    tálamo envia informação dos órgãos dos sentidos
    para as áreas sensoriais do córtex cerebral e
    transmite sinais motores na direção oposta.

13
4. A MEDULA ESPINHAL
  • Funções da medula espinhal
  • A medula funciona como uma estação
    retransmissora de mensagens para o encéfalo.
    Informações colhidas nas diversas partes do corpo
    chegam à medula, de onde são retransmitidas ao
    encéfalo para serem analisadas. Por outro lado,
    grande parte das ordens elaboradas no encéfalo
    passa pela medula antes de chegar aos seus
    destinos.
  • A parte externa da medula, de cor branca, é
    constituída por feixes de fibras nervosas
    mielinizadas, denominados tratos nervosos, que
    são responsáveis pela condução de impulsos das
    diversas regiões da medula para o encéfalo e
    vice-versa.

14
5. SISTEMA NERVOSO PERIFERICO
15
5.1. NERVOS
  • Nervos são feixes resultantes dos prolongamentos
    dos neurônios (dendritos ou axônios) que são as
    fibras nervosas, revestidos por tecido
    conjuntivo. Os nervos fazem parte do sistema
    nervoso periférico, encarregam-se de fazer as
    ligações entre o sistema nervoso central e o
    corpo. 

16
  • São classificados em
  • ? Nervos sensoriais que levam informações da
    periferia do corpo para o sistema nervoso
    central,
  • ? Nervos motores que transferem impulsos do
    sistema nervoso central para os músculos ou
    glândulas. ? Nervos mistos são formados por
    axônios de neurônios sensoriais e motores. 
  • Os nervos que saem do encéfalo e inervam a
    cabeça, os pulmões, o coração e o tubo
    digestório, são os 12 pares de NERVOS CRANIANOS.
  • Os nervos que saem da medula espinhal, são os 31
    pares de NERVOS RAQUIDIANOS e são diversos nervos
    mistos de sendo que cada um possui uma raiz
    ventral e uma raiz dorsal.  

17
5.1. SNP SOMÁTICO
  • A divisão somática é responsável pelo controle da
    musculatura esquelética e pela transmissão de
    informação dos órgãos sensoriais. Engloba vários
    nervos que se ramificam a partir do SNC e são
    sensoriais e motores.
  • Os nervos sensoriais recolhem da periferia as
    excitações que conduzem ao SNC, traduzindo-se
    depois em sensação táctil, térmica, etc.
  • São os nervos motores que conduzem do SNC o
    estímulo que vai fazer contrair os músculos,
    segregar as glândulas, etc. Orientando deste modo
    diversos comportamentos (ex. andar, escrever,
    chorar,...).
  • Os nervos de conexão permitem estabelecer a
    relação entre nervos sensitivos e nervos motores.

18
5.2. SNP AUTÔNOMO
  •  divisão autônoma (SNA) controla as diversas
    estruturas viscerais responsáveis pelos processos
    vitais básicos, como o coração, os vasos
    sanguíneos, o sistema digestivo, os órgãos
    sexuais, entre outros e funciona de modo
    automático.
  • O sistema nervoso autônomo compõem-se em duas
    divisões, as quais estimulam vários órgãos e
    glândulas a divisão simpática e a
    parassimpática.
  • Divisão simpática é mais ativa  e atua quando é
    necessário mais energia, isto é, poderá acelerar
    o ritmo cardíaco, aumentar o nível de glicose no
    sangue ou inibir a digestão.
  • Divisão parassimpática atua em situações como a
    diminuição da tensão arterial, diminuição do
    ritmo cardíaco, em situações inibitórias.

19
(No Transcript)
20
5.3. arco-reflexo
  • A medula espinal elabora respostas simples para
    certos estímulos. Essas respostas medulares,
    denominadas atos reflexos ou arco-reflexo,
    permitem ao organismo reagir rapidamente em
    situações de emergência.
Write a Comment
User Comments (0)
About PowerShow.com