Escherichia coli - PowerPoint PPT Presentation

Loading...

PPT – Escherichia coli PowerPoint presentation | free to view - id: 40fd0f-NjkxM



Loading


The Adobe Flash plugin is needed to view this content

Get the plugin now

View by Category
About This Presentation
Title:

Escherichia coli

Description:

Escherichia coli M rcia Regina Garcia Caracter sticas Bastonetes Gram - , fam lia Enterobacteriaceae; Anaer bios facultativos A maioria fermenta lactose, algumas ... – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:997
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 24
Provided by: 5686202
Category:

less

Write a Comment
User Comments (0)
Transcript and Presenter's Notes

Title: Escherichia coli


1
Escherichia coli
  • Márcia Regina Garcia

2
1971 queijos importados foram comercializados em
14 estados americanos
400 casos de gastroenterites

3
Características
  • Bastonetes Gram - ,
  • família Enterobacteriaceae
  • Anaeróbios facultativos
  • A maioria fermenta lactose, algumas tardiamente
  • Geralmente móveis
  • Não formadoras de esporos.

4
Características
  • Cepas são classificadas em sorogrupos e
    sorotipos, de acordo com a presença dos antígenos
    O, K e H
  • - antígenos O - localizados na parede
  • - antígenos K - localizados na cápsula
  • - antígenos H - localizados nos flagelos

5
(No Transcript)
6
  • Atualmente
  • - 174 antígenos O
  • - 100 antígenos K
  • - 57 antígenos H

Designados por números arábicos
200 sorotipos
7
Grupos de E. coli virulentos
  • E. coli enteroagregativas (EaggEc)
  • E. coli entohemorragágicas (EHEC)
  • E. coli entoroinvasivas (EIEC)
  • E. coli entoropatogênicas (EPEC)
  • E. coli enterotoxigênicas (ETEC).

8
EPEC
  • Diarréia em neonatos
  • Raro causador de doenças veiculadas por alimentos.

9
EIEC
  • 1 surto ocorreu na Inglaterra em 1947, entre
    escolares, sendo aparentemente o salmão o
    alimento veículo
  • Sintomas desenteria, calafrios, febre, dores
    abdominais
  • Período de incubação 8-24h
  • Homem infectado principal reservatório
  • Transmissão contato pessoa-pessoa e atrevés de
    alimentos e água contaminados.

10
ETEC
  • Sintomas semelhantes aos da cólera (diarréia
    aquosa, desidratação, possível choque)
  • Período de incubação 8-44h
  • Duração dos sintomas 24-30h
  • Homem assintomático principal reservatório
  • Transmissão pessoa-pessoa, água e alimentos
    contaminados ( salada de vegetais crus, queijos,
    carnes.

11
  • E. coli enterohemorrágica (EHEC)

!!!
Perigo
12
EHEC
  • 1982 relato de consumo de hambúrguer mal cozido
    todos tiveram diarréia sanguilonenta
  • Colite hemorrágica
  • Sintomas sangue nas fezes, dores abdominais
    grave, vômito
  • Sorotipo envolvido O157H7
  • Duração dos sintomas 2 a 9 dias
  • Período de incubação 3 a 4 dias.

13
  • Perigo

E. coli O157H7
14
  • Sintomas da enfermidade dores abdominais
    severas, diarréia aquosa seguida de diarréia
    sanguinolenta. A grande diferença para outros
    agentes invasores é a grande quantidade de sangue
    nas fezes e ausência de febre. De 0 a 15 dos
    casos de colite hemorrágica podem evoluir para um
    quadro de síndrome urêmica hemolítica (HUS),
    situação em que ocorre destruição dos eritrócitos
    e falha aguda dos rins. Em idosos, HUS juntamente
    com febre e sintomas neurológicos constituem a
    trombocitopenia púrpura (PTP), que apresenta uma
    taxa de mortalidade de aproximadamente 50.

15
  • Taxa de mortalidade 5
  • População alvo crianças e idosos
  • Alimentos associados com os surtos carne moída
    crua, leite cru, suco de maçã ou de cidra não
    pasteurizado, alface, brotos de alfafa.

16
Fatores que influenciam no desenvolvimento de E.
coli O157H7
  • Temperatura de crescimento 7,3ºC - 49,4ºC
    (ótima 30 - 42ºC)
  • pH 4,0 - 8,5
  • Aa mínima

17
  • Fatores contribuintes para ocorrência dos surtos
    consumo de leite cru e de carnes mal passadas
    cozimento insuficiente e contaminação cruzada.
  • Medidas de controle cozimento adequado dos
    alimentos evitar a contaminação cruzada reduzir
    a prevalência nos rebanhos animais.

18
Principais surtos de doença de origem alimentar
causados por E. coli O157H7
Ano Local Alimento envolvido Afetados Óbitos
1982 EUA Hamburguer 47 n. i.
1993 EUA Maionese 300 n. i.
1993 EUA Hamburguer gt500 4
1944 Escócia Leite gt100 n.i.
1996 Escócia Carne cozida 496 20
1996 Japão Hamburguer 9578 11
1997 Escócia n. i. 422 n.i.
1998 Camarões Carne defumada 237 44
ORMENESE, SILVEIRA, SILVA, Bol. SBCTA, vol.33
(1) 41-49, 1999
19
Ação
Perigo
  • Eliminar
  • Reduzir

Manter
20
  • RISCO ZERO

21
Medidas a serem tomadas pela Indústria de
Alimentos
  • Controle mais rígido da matéria prima recebida

exigência de determinados padrões de qualidade da
matéria recebida do produtor - pagamento pela
qualidade - oferecimento de assistência técnica
contínua aos produtores - a indústria deve
possuir um corpo técnico de qualidade, submetido
a processos periódicos de reciclagem. - maior
interação entre universidade e indústria
22
  • Adoção de Boas Práticas de Fabricação (BPF)
  • rigidez com os processos de sanitização
  • - desenvolvimento e implementação de
    Procedimentos Padrão de Higiene Operacional
    (PPHO)

UM AMBIENTE SANITÁRIO É CONDIÇÃO PRÉVIA BÁSICA
PARA SE PREPARAR ALIMENTOS SEGUROS
23
Consumidor
  • Hábitos higiênicos
  • Evitar a contaminação cruzada
  • estocagem do alimento
  • preparo culinário
About PowerShow.com