Apresenta - PowerPoint PPT Presentation

Loading...

PPT – Apresenta PowerPoint presentation | free to download - id: 805252-MzBjY



Loading


The Adobe Flash plugin is needed to view this content

Get the plugin now

View by Category
About This Presentation
Title:

Apresenta

Description:

Title: Apresenta o do PowerPoint Author: Tupy Fundicoes Last modified by: Wellington Costa Created Date: 6/5/2006 4:49:24 PM Document presentation format – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:16
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 32
Provided by: Tupy1
Learn more at: http://www.abmbrasil.com.br
Category:
Tags: apresenta | ongs

less

Write a Comment
User Comments (0)
Transcript and Presenter's Notes

Title: Apresenta


1
PANORAMA DO DESCARTE DE AREIAS DE FUNDIÇÃO
APRESENTAÇÃO DA PROBLEMÁTICA E SOLUÇÕES PROPOSTAS
Preparado por Fábio Garcia Filho (Fagor Ederlan
Brasileira) e Raquel Luísa Pereira Carnin (Tupy
Fundições Ltda).
2
OBJETIVOS
  • Objetivo desta Apresentação
  • Apresentar o Trabalho que está sendo
    desenvolvido pela ABIFA (Associação Brasileira de
    Fundição).
  • Não viemos aqui defender a Liberação ou o
    Abrandamento da postura de controle sobre as AFFD
    pelo contrário, buscamos melhorar o controle.

3
  • Objetivos do Trabalho
  • Mostrar para as Empresas que somente o
    conhecimento e controle sobre as AFFD poderão
    tornar eficazes as soluções existentes. E que
    sem isso não há luz no fim do túnel para o
    problema que é de toda a sociedade.
  • Mostrar para os Órgãos Ambientais e a sociedade
    que eles estão certos em sua postura de precaução
    (Ambiental e Legal), mas que também somente que
    somente o apoio ao Desenvolvimento e
    Aprimoramento das Regras Normas ou Leis irá
    Solucionar o Problema que é de todos Porque
  • Da maneira que está hoje é pior para o Meio
    Ambiente Empresas e Órgãos Ambientais!

4
  • Obter e compilar dados sobre a situação das AFFD
    (estudos técnicos quantidades tipos de
    classificações entre outros).
  • Promover a discussão e o desenvolvimento
    tecnológico sobre as soluções, suas
    características habilidades vantagensetc.

5
  • Principal Ponto do Trabalho
  • Criar nas Empresas a cultura de conhecer o seu
    maior resíduo, porque só assim poderá desenvolver
    métodos eficientes para poder destinar as AFFD de
    modo a minimizar seus impactos ao Meio Ambiente e
    consequêntemente seus custos.

6
  • O Brasil é um dos grandes produtores de peças em
    Ferro Fundido e cada vez mais avança neste
    mercado porque possui matéria prima, tecnologia e
    mão de obra qualificada.
  • A produção atual é cerca de 2.400.000
  • toneladas/ano gerando 52.000 empregos
    diretos e
  • 200.000 indiretos.

7
  • A quantidade de areia descartada é de
    aproximadamente 1.800.000 toneladas por ano.
  • A ABIFA com lideranças das Fundições TUPY e FAGOR
    está realizando um trabalho a nível nacional para
    confirmar dados que atualmente são estimativas
    sobre a situação da geração e destinação das
    AFFD.

8
Processo de Geração
9
Origem da Matéria-prima
  • São cavas exploradas por grandes multinacionais
    do setor de MINERAÇÃO

Obs. A areia utilizada para Fundição de Ferro
corresponde a cerca de 15 do volume explorado
por estas empresas e está na superfície. Ou seja,
esta areia teria de ser retirada de qualquer
maneira
10
FORMULAÇÃO BÁSICA
  • Moldagem Areia, bentonita, pó de carvão -
  • Macharia Areia, Resina Fenólica, Catalizadores
  • Classificados pela Norma NBR 10004em sua grande
    maioria como Classe II-A por ter principalmente
    como elementos solubilizados Manganês, Ferro,
    Alumínio, e em pouquíssimos casos Fenol, Metais,
    Sódio.
  • Possui em geral grande proporção de Sílica (SiO2)
    60 a 95 e também óxidos de ferro, alumínio. Em
    menores proporções outros óxidos como cálcio,
    sódio, potássio, manganês, magnésio, fósforo.
  • As areias de moldagem representam em geral cerca
    de 80 dos resíduos do processo de fundição.

11
AFFD
12
Molde
O que é? É um vazio produzido pela compactação
da areia a verde no modelo, que por sua vez é o
negativo da peça (fundido). É onde se vaza o
ferro líquido que, ao solidificar-se, toma a
forma que nela se encontra.
MOLDES
13
Macho
O que é? Também chamado de núcleo de areia, é um
corpo de areia endurecido por aquecimento (calor
chama a gás ou resistência elétrica) ou por
reação química de resinas.
Para que serve? Serve para fazer as cavidades
internas (partes ocas) e também externas da peça.
MACHOS
14
Conflitos com a NBR 10.004
15
Análises Ambientais (Solubilização) das
matérias-primas constituintes da AFF
  • A AFF-Virgem (sem passar pelo processo de
    fundição) apresenta alumínio e ferro acima do
    permitido
  • As bentonitas ativada e natural também apresentam
    alumínio e ferro acima do permitido
  • O pó de carvão apresenta manganês acima do
    permitido.
  • Então pode-se concluir que as próprias
    matérias-primas da AFF são consideradas resíduos
    Classe II A.

16
Análises dos Solos de Joinville
  • Foi realizado um estudo para classificar
    ambientalmente os solos de Joinville
  • Foram coletados solos de sete bairros de
    Joinville conforme indicação da Empresa de
    Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina
  • Os resultados mostraram que quatro bairros
    apresentaram os seguintes elementos acima do
    permitido da NBR 10.004 alumínio e ferro, sendo
    que um solo apresentou cromo acima do permitido
    pela legislação.
  • Conclui-se com este estudo que estes bairros de
    Joinville são considerados resíduo Classe II-A.

17
Análises dos Corpos de prova de Concreto
Asfáltico com AFFD
  • A areia utilizada em concreto asfáltico apresenta
    ferro e alumínio acima do permitido na NBR
    10.004
  • O ligante asfáltico atende a legislação, assim
    como os corpos de prova contendo 15 de AFFD.
  • Então pode-se concluir que o ligante asfáltico
    aprisiona os elementos que estão acima do
    permitido fazendo com que estes elementos não
    sejam solubilizados tornando o concreto
    asfáltico contendo AFFD inerte.

18
Análises dos Corpos de prova de Concreto
Asfáltico com AFFD Envelhecidos
  • Os corpos de prova Envelhecidos contendo areia
    virgem, ou seja, areia utilizada em
    pavimentação apresentaram alumínio acima do
    permitido
  • Os corpos de prova Envelhecidos contendo AFFD
    também apresentaram alumínio acima do permitido.

19
Ensaios de Toxicidade Aguda
  • Os ensaios ecotoxicológicos realizados em corpos
    de prova de concreto asfáltico contendo até 15
    de AFFD mostraram que não apresentam efeitos
    tóxicos
  • Ensaios dos corpos de prova de concreto asfáltico
    envelhecidos com AFFD também não apresentaram
    efeitos de toxicidade.
  • O envelhecimento dos corpos de prova são de um
    período de até 8 anos. Este ensaio foi realizado
    na UNICAMP.

20
FATOS A RESPEITO DA AFFD
21
FATOS A RESPEITO DA AFFD
  • Existe um grande preconceito contra a AFFD em
    razão de seu
  • aspecto e dos volumes acumulados, o que provocam
    aparência de degradação das áreas.
  • As análises realizadas em locais onde são
    dispostas somente AFFD, mostram que essas não
    provocam contaminação do solo.

Dados de Percolado em área de deposição de AFFD
Estima-se que mais de 90 das AFFD tem estas
características
22
  • O que aconteceu em alguns lugares é que junto
    com a AFFD foram depositados outros materiais
    que continham contaminantes. Estes materiais,
    misturados aos grandes volumes e a aparência das
    AFFD fazem com que essas sejam consideradas as
    vilãs pelas contaminações.
  • Os estudos realizados pela ABIFA irão comprovar
    que mais de 90 das AFFD são classificadas como
    classe II - não perigosos ( e por isso podem ser
    descartadas em aterros classe II licenciados )
    porque possuem basicamente Al Fe e Mg acima do
    valor máximo permitido.
  • Esses elementos químicos são naturais dos solos
    brasileiros, em quantidades muitas vezes
    superiores as encontradas nas AFFD e, inclusive,
    apresentam teores superiores aos valores máximos
    permitidos . ( Exemplos de Joinville)
  • Por isso é imprescindível que as empresas
    classifiquem as AFFD de acordo com as normas e as
    separem para que possam ser destinadas de maneira
    eficiente e ou utilizadas como subproduto.

23
  • ESTÁ MAIS DO QUE COMPROVADO TECNICAMENTE (
    através de diversos estudos inclusive no Brasil e
    experiências no Exterior ) QUE AFFD É
  • EFICIENTE PARA SUBSTITUIR AREIAS DE RIOS E CAVAS
  • NORMALMENTE UTILIZADAS NAS COMPOSIÇOES DE ASFALTO
    E ARTEFACTOS DE CONCRETO.

Obs Vale lembrar que as areias de rios
normalmente utilizadas , MUITAS VEZES possuem
mais elementos de Fe , Al . Mg e outros do que as
AFFD e por isso se fossem classificadas nas
mesmas condições das AFFD também não poderiam ser
utilizadas.
  • Imensos recursos financeiros atualmente
    utilizados para comprar areia de rios poderiam
    ser economizados pela comunidade ( prefeituras ,
    estado e união ) . As empresas gastam fortunas (
    que poderiam ser utilizadas em projetos
    ambientais ) para enviar para aterros . Um
    trabalho em conjunto com certeza é benéfico a
    todos. ( Meio Ambiente , Comunidade e Empresas ).

24
(No Transcript)
25
  • DEFINITIVAMENTE NÃO ESTAMOS AFIRMANDO QUE AFFD É
    UM MATERIAL QUE PODE SER DESCARTADO DE QUALQUER
    MANEIRA EM QUALQUER LUGAR.
  • PELO CONTRÁRIO !!!
  • Somente um trabalho sério de classificação,
    controle, rastreabilidade, normalização e
    esclarecimento a sociedade fará com que as AFFD
    possam vir a ser um subproduto útil para
    utilização em asfalto e construção civil poupando
    recurso naturais do Meio Ambiente e financeiros.

26
  • A ABIFA e grande maioria das empresas do setor
    estão trabalhando duro e investindo para cumprir
    as regras e normas atuais , além de levantar
    dados e realizar estudos para demonstrar a
    viabilidade da utilização da AFFD como
    subproduto.
  • Estamos buscando a conscientização e o apoio de
    todos para a busca do melhor caminho.
  • A indústria precisa ter consciência que somente
    com o desenvolvimento de tecnologias de
    reutilização aliado com a segregação ,
    classificação e armazenamento correto poderá
    pleitear um tratamento do tema de forma justa
    pela sociedade .

27
  • As ONGS, os Órgãos Ambientais, o Ministério
    Público e Ambientalistas precisam ter o
    pensamento de que somente com um trabalho em
    conjunto com dados precisos cientificamente
    comprovados pode-se estabelecer parâmetros para
    análises e tomadas de decisão sobre a melhor
    alternativa para que as AFFD possam colaborar com
    o Meio Ambiente e industria possa continuar
    gerando empregos e impostos.

28
(No Transcript)
29
CONCLUSÃO
Vamos trabalhar juntos para que possamos
aprimorar e desenvolver todos os conceitos e
informações essenciais no controle das AFFD
trazendo assim melhorias contínuas em nossos
meios de conscientização e preservação
socioambiental.
30
INFORMAÇÕES
Estamos a disposição e na expectativa de
contribuições de idéias, críticas, informações
cientificas, experiências, etc.
  • Dados para contato
  • ABIFA wgutierres_at_abifa.org.br
  • Raquelraquel_at_tupy.com.br
  • Fábio notebookfabio_at_uol.com.br

31
OBRIGADO PELA ATENÇÃO!
About PowerShow.com