Apresenta - PowerPoint PPT Presentation

Loading...

PPT – Apresenta PowerPoint presentation | free to download - id: 774bdf-NWRkN



Loading


The Adobe Flash plugin is needed to view this content

Get the plugin now

View by Category
About This Presentation
Title:

Apresenta

Description:

Title: Apresenta o do PowerPoint Author: ROG RIO ALLEGRETTI Last modified by: Usuario Created Date: 3/22/2007 6:40:32 PM Document presentation format – PowerPoint PPT presentation

Number of Views:11
Avg rating:3.0/5.0
Slides: 30
Provided by: ROGR8
Learn more at: http://www.mercosur.int
Category:

less

Write a Comment
User Comments (0)
Transcript and Presenter's Notes

Title: Apresenta


1
Programa de Desenvolvimento de Fornecedores da
Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do
Mercosul Anteprojetos Argentina Brasil
Paraguai - Uruguai
Assunção 08 de maio de 2007
2
Sumário
  • Objetivos
  • Referências conceituais
  • Referêcias metodológicas
  • Dados de entrada dos projetos
  • Focos estratégicos
  • Quadro consolidado de valores
  • Cronograma
  • Gestão da continuidade dos projetos
  • Potenciais parceiros
  • Referêcias técnicas

Tópicos
3
Objetivos
Aprimorar a competitividade da cadeia produtiva
de madeira e móveis do Mercosul
Competitividade Empresarial
Competitividade Estrutural
  • Vendas da empresa intra-bloco
  • Participação no mercado
  • Qualidade e produtividade
  • Preços competitivos
  • Prazo
  • Design
  • Inovação
  • Logística
  • Comércio internacional intra-bloco
  • Base de fornecedores qualificados
  • Alianças estratégicas intra-bloco
  • Joint-ventures
  • Complementação industrial
  • Integração produtiva
  • Coleção de móveis MERCOSUL

4
Referêcias conceituais
Desenvolvimento
Sustentabilidade
  • Capacidade permanente de articulações seletivas
  • Capacidade gradativa de sustentabilidade
  • Manter padrão positivo de qualidade
  • Autonomia de manutenção
  • Pertencer a uma rede
  • Dissipar estratègias e resultados

5
Referêcias metodológicas
  • Orientação para resultados (visibilidade e
    consistência técnica)
  • Definição de indicadores
  • Abordagem sistêmica (7 perspectivas de atuação)
  • Ênfase na cooperação e na estruturação de redes
    de apoio competitivo
  • Lógica de atuação em Cadeias Produtivas
  • Lógica de atuação em Arranjos Produtivos Locais
    (clusters)
  • Lógica de atuação em Desenvolvimento de
    Fornecedores

Principais elementos
6
Dados de entrada dos projetos
  • Pontos identificados
  • A necessidade de identificação, entre os
    empresários locais, de lideranças que sirvam como
    agregadores das empresas
  • A necessidade de identificação de nichos de
    mercado a serem trabalhados no processo
  • Existência de forte cultura individualista
  • Alto conhecimento na fabricação de móveis
  • Baixa especialização produtiva
  • Fragmentação da oferta não permitindo economias
    de escala
  • Desafios
  • Compras conjuntas e vendas conjuntas
  • Especialização produtiva
  • Integração produtiva
  • Aprimoramento do sistema do distrito industrial

ARGENTINA
7
Dados de entrada dos projetos
  • Pontos identificados
  • Definição dos pólos moveleiros a serem
    trabalhados
  • Levantamento dos produtos fabricados, das
    importações e das exportações
  • Necessidades de rodadas de negocios
  • Sistema de inteligencia e trabalho em rede
  • Desafios
  • Incrementar a capacidade de inovação tecnológica
  • Promover o desenvolvimento Tecnológico e Regional
  • Formação de Redes Interempresariais Verticais e
    Horizontais
  • Integração de Redes de Empresas com Instituições
    de apoio competitivo
  • Aprimorar o desenvolvimento de ações conjuntas

BRASIL
8
Dados de entrada dos projetos
  • Pontos identificados
  • Reativação do centro tecnológico paraguaio
  • Formação de uma rede de apoio local
  • Agregação de valor às exportações
  • Desconhecimento do número de empresas
  • Definição de um número mínimo de 15 empresas
    moveleiras que participariam do projeto-piloto a
    ser desenvolvido no país
  • Identificação de potenciais compradores
    brasileiros
  • Necessidade de conhecer centros de tecnologias
    dos outros países
  • Possibilidade de desenvolver um programa de
    capacitação orientado pelos requisitos técnicos e
    comerciais de potenciais compradores

PARAGUAI
9
Dados de entrada dos projetos
  • Desafios
  • Consolidação do Fórum de Competitividade da
    Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do Paraguai
  • Sensibilização e mobilização de no mínimo 15
    empresas para formação de um grupo de trabalho
    para participarem do projeto
  • Promover o desenvolvimento Tecnológico e
    Regional
  • Inserção das empresas paraguaias em cadeias de
    fornecedores de componentes de empresas
    compradoras intra-bloco.

PARAGUAI
10
Dados de entrada dos projetos
URUGUAI
  • Pontos identificados
  • Conhecimento do setor produtivo no país
  • Articulação, sensibilização e mobilização do
    setor produtivo e entidades de apoio competitivo
  • Desenvolvimento mercadológico
  • Desafios
  • Formação e consolidação do Fórum de
    Competitividade da Cadeia Produtiva de Madeira e
    Móveis do Uruguai
  • Sensibilização e mobilização de um número mínimo
    de empresas para compor um grupo de trabalho
    visando a participação no programa.

11
Focos Estratégicos
12
Focos Estratégicos
E Estratégico T Tático O Operacional
1 Inteligência Competitiva 2 Marketing
Internacional 3Legislação e Normas
4 Gestão da Cadeia 2 Rede de Cooperação 6Gestão
e Monitoramento
13
Foco Estratégico Nº 1 Inteligência Competitiva
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
1 Pesquisa Estudo da demanda, oferta, potenciais compradores, potenciais fornecedores, principais requisitos técnicos e legais de compras. Nível de abrangência I Definido em cada projeto A definir Referência em outras cadeias produtivas apontam estudos que apresentam variações nos custos de elaboração.
2 Seminário nacional Apresentação do estudo para empresários, lideranças nacionais do setor e instituições de pesquisa, promoção e fomento 1 a 2 seminários A definir Projeção100 a 400 participantes
3 Seminário internacional Apresentação do estudo para empresários do Mercosul e instituições de pesquisa, promoção e de fomento internacionais. 1 a 2 seminários A definir Participação de 4 delegações
4 Observatório econômico monitoramento contínuo e interface com demais projetos do Programa Estrutura de sala, telefonia, dois funcionários e de hardware ( 5 computadores Impressora Equip. Rede Acesso a Internet de alta velocidade) Ajuste da plataforma de banco de dados do CGI (programação e software) A definir Retroalimentação contínua dos dados relativos às demandas e ofertas cadastros de compradores e fornecedores cruzamento de dados.
SUBTOTAL 1 SUBTOTAL 1 SUBTOTAL 1 SUBTOTAL 1
14
Foco Estratégico Nº 2 Marketing Internacional
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
5 Oficina gerencial como participar em feiras internacionais 40h - 4 a 8 oficinas de trabalho A definir Preparação dos fornecedores para participação em eventos internacionais
6 Projeto comprador A definir Participação de 20 a 40 importadores
7 Exposição em feiras e eventos A definir Compra de stand 500 m2 Utilização por empresa mínimo 16 m2 Max 40m2 50 a 60 empresas (c/20m2)
8 Rodadas de negócios A definir Encadeamentos empresariais da indústria de móveis com a cadeia de fornecedores (demais elos)
SUBTOTAL 2 SUBTOTAL 2 SUBTOTAL 2 SUBTOTAL 2
15
Foco Estratégico Nº 3 Legislação, Normas e
Políticas
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
9 Seminário nacional A MPE e a exportação 2 a 4 seminários A definir Informações importantes Programas de apoio ao exportador
SUBTOTAL 3 SUBTOTAL 3 SUBTOTAL 3 SUBTOTAL 3
16
Foco Estratégico Nº 4 Gestão da Cadeia de
Fornecimento
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
10 Elaboração de um Manual de Fornecedores para a CPMM do Mercosul A definir Requisitos legais e técnicos
11 Seminário com os potenciais fornecedores da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis A definir Apresentação dos requisitos para os fornecedores e procedimentos para cadastro
12 Cadastramento de fornecedores da CPMM e gerenciamento do cadastro A definir Cadastramento de fornecedores Organização da oferta
13 Avaliação do desempenho do grupo-piloto de fornecedores da CPMM do Mercosul A definir Diagnóstico nos fornecedores (60 empresas)
14 Planejamento Estratégico de Qualificação para o grupo-piloto de fornecedores da CPMM do Mercosul A definir Identificação das soluções Organização Matriz de qualificação
15 Qualificação (capacitação) de fornecedores da CPMM do Mercosul A definir Implementação das soluções Mecanismos treinamento e consultoria
16 Certificação de fornecedores da CPMM do Mercosul A definir Reconhecimento da gestão Certificação de produto
SUBTOTAL 4 SUBTOTAL 4 SUBTOTAL 4 SUBTOTAL 4
17
Foco Estratégico Nº 5 Redes de Cooperação
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
17 Oficinas de trabalho para estruturação de uma rede de cooperação para a CPMM 8 a 16 oficinas de trabalho A definir Participação de entidades de caráter governamental ensino e pesquisa não-governamental e fomento Entidades do setor produtivo e participação dos diferentes elos da cadeia
18 Oficina de trabalho Mapeamento da rede de cooperação realização de diagnóstico existente e identificação das relações existentes 2 oficinas de trabalho A definir Mapeamento das relações Estímulo às articulações e encadeamentos entre as empresas nos elos da cadeia
19 Oficina de trabalho Análise dos stakeholders da rede de apoio competitivo 2 oficinas de trabalho A definir Identificação dos principais interesses, expectativas e necessidades entre todas as partes interessadas da rede
20 Oficina de trabalho Planejamento estratégico da rede de cooperação 2 oficinas de trabalho A definir Mecanismos interorganizacionais Perspectivas de continuidade Visão de médio e longo prazo
21 Seminários temáticos com os diferentes elos da CPMM 6 seminários A definir Participação dos elos da cadeia Produtores fornecedores de insumos, máquinas e equipamentos 1ª indústria 2ª indústria 3ª indústria distribuidores consumidores
18
Foco Estratégico Nº 5 Redes de Cooperação
22 Missões empresariais dos empresários do aos 4 países 4 missões A definir Conciliar com eventos da indústria do mobiliário dos 4 países
23 Visitas técnicas aos pólos moveleiros destacados 4 visitas A definir Conciliar com eventos da indústria do mobiliário nos países a serem visitados
SUBTOTAL 5 SUBTOTAL 5 SUBTOTAL 5 SUBTOTAL 5
19
Foco Estratégico Nº 6 Gestão e Monitoramento
do Projeto
Ação Descrição Execução Características Valor (US)
24 Monitoramento e acompanhamento do Plano de Ação para desenvolvimento do grupo-piloto Grupo Gestor Acompanhamento Supervisão técnica Avaliações Decisões
25 Medição do desempenho A definir Mensuração e análise do desempenho Ações corretivas e preventivas 3 Medições (T0, T1 e T3)
SUBTOTAL 6 SUBTOTAL 6 SUBTOTAL 6 SUBTOTAL 6
20
Quadro Consolidado
Foco Estratégico Foco Estratégico Valor (R) Valor (US)
1 Inteligência Competitiva
2 Marketing Internacional e Comercialização
3 Legislação e Normas MPE
4 Gestão da Cadeia de Fornecimento
5 Rede de Cooperação e Aprendizagem
6 Gestão e Monitoramento do Projeto
TOTAL TOTAL 100,00
21
Cronograma
M1
M12
M24



E
1
6
4
T
5
O
2
3
E Estratégico T Tático O Operacional
1 Inteligência Competitiva 2 Marketing
Internacional 3Legislação e Normas
4 Gestão da Cadeia 2 Rede de Cooperação 6Gestão
e Monitoramento
22
Gestão da Continuidade
Focos a serem trabalhados no mèdio e longo prazo
  • Foco Estrategico Nº 7 Alianças Estratégicas
  • Foco Estrategico Nº 8 Logística
  • Foco Estrategico Nº 9 Inovação Tecnológica
  • Foco Estrategico Nº 10 Encadeamentos
    Empresariais (Articulação entre os elos)

23
Sistema de Gerenciamento
Fase 2 Implementação
Fase 1 Estruturação do Projeto
Fase 3 Avaliação
Fase 4 Correção
24
Agenda
Tópico Quem Data
1. Encaminhar instrumento para coleta de dados e informações Consultoria 05/04
2. Enviar dados e informações Grupo Gestor 12/04
3. Estruturar os projetos (draft) Consultoria 30/04
4. Aprovar os projetos Grupo Gestor A definir
5. Captar os recursos Grupo Gestor A definir
6. Assinar os convênios Grupo Gestor A definir
7. Implementar os projetos Grupo Gestor A definir
25
Parceiros
  • Entidades de caráter empresarial
  • Entidades de classe
  • Sindicatos
  • Associações
  • Entidades de caráter governamental
  • Governo federal
  • Governo estadual
  • Prefeituras
  • Entidades de caráter técnico/científico
  • Universidades
  • Instituições de formação/treinamento
  • Centros de tecnologia
  • Entidades de caráter não-governamental
  • Bancos
  • Fundações
  • Institutos
  • Agências de promoção

26
Referêcias Técnicas
ALLEGRETTI, R.D.F. Mecanismos organizacionais
horizontais em consórcios de exportação estudo
na indústria moveleira. / Rogério Della Fávera
Allegretti. Dissertação do Mestrado em
Administração e Negócios Faculdade de
Administração, Contabilidade e Economia, PUCRS.
Porto Alegre, 2006. ALLEGRETTI, R.D.F.
Metodologia de Capacitação de Fornecedores.
Encadeamentos empresariais entre grandes empresas
e pequenas empresas. SEBRAE. 1998. ALLEGRETTI,
R.D.F. Metodologia de Gestão para Adensamento de
Cadeias Produtivas. SEBRAE. 2001. LUZ, G.O.F. da.
Workshop de indicadores de desenvolvimento
sustentável e qualidade de vida. Curitiba IBQP,
2003.
27
Consultor
Rogério Della Fávera Allegretti Mestre em
Administração e Negócios (PUCRS) Especialista em
Project Management (Berkeley-USA) Consultor do
SEBRAE (BRASIL)
Rogerio.Allegretti_at_terra.com.br
28
Estrutura Organizacional
SGT7 Subgrupo de Trabalho da Indústria
Grupo Gestor PARAGUAI
Grupo Gestor ARGENTINA
Grupo Gestor URUGUAI
Grupo Gestor BRASIL
Equipe Projeto 1
Equipe Projeto 2
Equipe Projeto 3
Equipe Projeto 4
Expectativa de 4 projetos
29
Gestão do Projeto
Conselho de Empresários
Grupo Gestor do Projeto
Coordenação Executiva do Projeto
Grupo de Trabalho (GT1) Inteligência Competitiva
Grupo de Trabalho (GT2) Marketing Internacional
Grupo de Trabalho (GT3) Normas e Legislaçao
Grupo de Trabalho (GT4) Cadeia de Fornecimento
Grupo de Trabalho (GT5) Capacitação Gerencial
Grupo de Trabalho (GT6) Redes de Cooperaçao
About PowerShow.com